Crypto Currency Price24H Changes
Bitcoin (BTC)
6589.15745174
-1.65%
Ethereum (ETH)
227.604676308
-6.41%
XRP (XRP)
0.4886197434
-14.1%
Ripple, Ethereum ou Bitcoin… Qual Rede é mais Descentr...
Notícias

Ripple, Ethereum ou Bitcoin… Qual Rede é mais Descentralizada?

Descentralização é um dos temas mais debatidos quando o assunto é sobre redes de criptomoedas baseadas em blockchain, neste quesito os críticos não se acanham em fazer duras críticas com relação à rede Ripple, da XRP. Frente a recentes críticas feitas à rede Ripple, David Schwartz, CTO da Ripple se pronunciou sobre o assunto de forma bastante confiante e posicionando sua rede como sendo mais descentralizada do que as redes Ethereum e Bitcoin. 

Um dos principais argumentos que Schwartz utilizou foi com base em uma comparação ponto a ponto com as blockchains Bitcoin e Ethereum. Ambas são atualmente vistas como exemplos de grandes redes descentralizadas. Porém segundo Schwartz estas redes possuem pontos de vulnerabilidade devido a algumas grandes empresas de mineração serem detentoras de uma maioria esmagadora do poder de processamento da rede, isto seria um indicativo de centralização. 

Para que você entenda melhor este cenário saiba que atualmente apenas 4 grupos de mineração controlam 58% da capacidade de processamento da rede Bitcoin e apenas 3 mineradores somam 57% da taxa global de hash do Ethereum. Em uma análise fria estes fatos colocam ambas as blockchains em risco de sofrer o temido ataque dos 51% caso estes grupos de mineração coordenassem um ataque deste tipo. 

Ethereum e Bitcoin podem sofrer ataque dos 51% segundo Schwartz

Ethereum e Bitcoin podem sofrer ataque dos 51% segundo Schwartz

Além de apontar possíveis pontos de centralização nestas duas redes gigantes, Schwartz também falou sobre pontos que acredita serem pontos positivos da rede Ripple. Estes pontos abordados por ele são exatamente os pontos que verá a seguir nesta matéria. 

A Blockchain Ripple não está em Risco, segundo Schwartz… 

Um dos argumentos de Schwartz para afirmar que sua rede é mais segura é o fato de que seu protocolo requer que os validadores das transações façam os registros e verifiquem as transações sem ganhar qualquer incentivo para isso. Além disso cada validador tem seu “peso” limitado a apenas um único voto. 

Outro ponto destacado por ele é que a blockchain da XRP exige que ao menos 80% dos validadores de toda sua rede apoiem uma decisão antes que ela seja realmente aplicada. De cerca de 150 dos atuais validadores a Ripple executa apenas 10, o que é diferente de redes como Ethereum ou Bitcoin em que um único minerador pode ter 51% do poder de processamento, na XRP cada validador possui apenas 1 voto para apoiar uma alteração ou mesmo para validar uma transação. 

Embora tenha tentado fortemente refutar as críticas de centralização a verdade é que dificilmente irá conseguir se ver livre dos críticos, isso porque a Ripple detém mais de 50 bilhões de um total de 99 bilhões de XRP. Embora tenha uma relativa estabilidade e utilidade nos sistemas financeiros, esta tentativa de alegar superioridade da XRP frente ao Bitcoin e Ethereum possivelmente farão com que críticos fiquem ainda mais atraídos a falar sobre a XRP e a questionar incansavelmente. 

Particularmente não vejo como uma boa opção tentar se posicionar apenas criticando falhas de concorrentes, acredito que as falhas devem sim ser observadas, mas apenas para se evitar cometer o mesmo erro e não para tentar diminuir o concorrente ao apontar uma falha, afinal falhas praticamente todas (se não todas) as redes blockchains atuais possuem, sendo assim o melhor caminho não é o da crítica, mas sim o do aprendizado. 

Compartilhe! :)
  • 5
    Shares
coinmag

Trabalho exclusivamente online desde 2010 e com isso já promovi mais de 1 Milhão de Reais em vendas online, o que me levou a descobrir e me apaixonar pelo universo dos investimentos em Criptomoedas!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *